Tendências de SPA's por classificação temática: SPA Holístico



SPAs holísticos têm suas origem no termo grego Holos, que significa “tudo ou todo”, referindo-se à compreensão da realidade como um todo integrado. Um todo que englobe o físico, o mental e este ser espiritual cósmico. Na nova visão holística, o universo é concebido não mais como uma grande máquina, imagem inspirada pelo paradigma newtoniano-cartesiano, mas sim como um grande ser em permanente cosmo-evolução. Procede deste enfoque a busca e o crescente sucesso de SPAs holísticos, místicos, orientais, xamânicos, aborígenas, indígenas, somados aos rituais e terapias havaianas, haitianas, balineses e indianas, entre outras.

Os SPAs holísticos utilizam um somatório de técnicas milenares e modernas, desenvolvidas por terapeutas qualificados, com técnicas suaves e naturais, que proporcionam a harmonia, o autoconhecimento e incremen­tando a capacidade de recuperação em todos os campos. Adotam, para tal, procedimentos e terapias que vão desde o aconselhamento, passando por terapias florais, homeopatia, acupuntura, auriculopuntura, iridologia, cromoterapia, fitoterapia, Reiki, dentre muitas outras técnicas.

Além das propostas de revigorar as energias, melhorar a saúde, a procura das pessoas pelo SPA holístico justifica-se também por levar a um maior autoconhecimento e desenvolvimento integral da pessoa. Isso se dá por meio de atividades que desencadeiam e estimulam uma maravilhosa “viagem” interior ao caminho do coração, enfim, melhorando a saúde como um todo em ambiente especialmente preparado para o estímulo do ­contato com a natureza e a reintegração física, mental e espiritual.

Portanto, a terapia holística em SPAs objetiva harmonizar e ­equilibrar a pessoa em sua totalidade, refletindo posteriormente no cotidiano das pessoas, quando muitos afirmam: “Depois que passei alguns dias no SPA, parece que tudo ficou mais leve, estou mais calmo, sereno, saudável, energe­ticamente mais focado, sem tensões e estresse em meu trabalho“.

As agências de turismo através do Turismo Holístico voltam-se agora para propostas de cunho mais ecológico, buscando passeios e encontros junto à natureza. Essa modalidade surge como reflexo do movimento ambientalista que valoriza a conservação e preservação do meio ambiente para as futuras gerações. Dentro do conceito de desenvolvimento sustentável, o foco dos SPAs Holísticos procura propor técnicas, terapias e formas de uti­lizar a natureza sem degradá-la, incentivando o uso de cosméticos com ativos orgânicos, cuidados e consciência de preservação das águas, como o uso com moderação e forma correta de descarte das águas utilizadas em suas terapias.

Cada vez mais aumenta o número de pessoas adeptas dessas formas de serviços em SPAs com projetos de terapias alternativas, apoiando e buscando estes espaços em detrimento dos serviços e atendimentos mais massivos e plenos de artificialismo, com aparelhos e máquinas sofisticadas, conjugando com muitas adesões e perspectivas de duradouro sucesso dos programas e pacotes de Eco-Holos-SPAs ao Turismo Holístico/ Ecológico, na busca de recobrar o equilíbrio e harmonia dos três pilares de saúde integral, de corpo, mente e espírito.

Embora já tenhamos visto que há muitos SPAs que se desenvolvem com sucesso em grandes cidades, não há dúvida de que é mais relaxante e energizante realizar terapias o mais próximo possível da natureza. Mas é fundamental que esses SPAs tenham preparo, adequação, pesquisa e ­estudos específicos na busca do melhor aproveitamento dos espaços externos, ofere­cendo ao mesmo tempo privacidade e conexões com estas energias naturais.

Todas as condições para realização dos procedimentos mais naturais e alternativos incorporam-se aos programas oferecidos pelo SPA, sendo que esta oferta e forma de aproveitamento surge como uma nova forma de atrativo e marketing, podendo ser como um complemento do tema, da filosofia e da imagem que o SPA quer passar.

Um SPA holístico deverá ter em sua apresentação visual, desde a recepção, uma decoração diferenciada e condizente com o tema e cuidados especiais na escolha e a colocação adequada do mobiliário e acessórios. Não se deve fazer uma mistura de temas, imagens e peças orientais tipo indianos, com zebrinhas africanas e vasos de porcelana chinesas, num mesmo recinto. Poderá, sim, ter vários ambientes com estes temas, com terapias, aromas, detalhes, complementos e cores proporcionando todo um clima de abordagem mais natural e descontraída. Também é preciso muito cuidado para não saturar e poluir demais o ambiente com muitas informações, lembrando que nestes casos funciona, e muito, a afirmação “menos é mais”. Terapias orientais pedem macas de acordo com a técnica; para o shiatsu usa-se a técnica japonesa, geralmente realizada no chão, em tatames ou colchonetes macios e amplos (o ideal são as medidas de um metro por dois metros) para maior conforto e que a pessoa possa deslocar-se e virar-se para todos os lados, sem tocar no chão.

Além da aplicação das massagens, outra característica dos SPAs holísti­cos é o uso de litocosméticos, uma forma de terapia holística ainda pouco explorada. Esses cosméticos são manipulados a partir de ativos minerais das pedras preciosas e semipreciosas. Implementar esta nova terapia em SPAs tem tudo a ver com as técnicas de cristal-cromo-aroma-terapia, com cabines de tratamentos e terapias com nomes de pedras semipreciosas (sala esmeralda, sala cristal, sala ametista e assim por diante) e as massagens realizadas com os litocosméticos correspondentes.

São muitas as técnicas com propostas holísticas que trabalham focadas no centro da vitalidade, o plexo solar, através de toques vibracionais, uso de gemas, sons, música, respiração, visualização, massagens e deslizamentos com óleos especiais, melhorando dores crônicas, lesões e o estresse emocional. Este item volta o seu foco para os aspectos psicológicos da massagem holística, buscando a harmonia e o equilíbrio do Ser em todos seus aspectos. Cada toque e técnica utilizados vai estimulando tanto as partes física e corporal quanto as partes energética, emocional, mental e espiritual, uma vez que a pessoa está conectada com o “todo e sua essência”.

Vale lembrar que Holos, do grego, significa “total, abrangente” e como somos energia, em vários estados e aspectos, quando esta energia não flui com harmonia surgem os desequilíbrios, dores nas articulações, cansaço e descontrole emocional. Esta energia chamada de Ki pelos ­japone­ses, Prana pelos Indianos e Qui pelos chineses, é o que mantém vivos os seres neste planeta e, sem dúvida, pode facilmente bloquear-se devido a múlti­plos fatores tais como o estresse, a má alimentação, a hipocondria, as ­emoções negativas, os apegos, os medos e os vícios.

Hoje, nos diferentes tipos de SPAs, em centros urbanos, hotéis ou pousadas, mediante propostas de terapias holísticas, como por exemplo as massagens, se pode reativar o fluido energético e restabelecer de imediato o equilíbrio, a harmonia, a saúde e o bem-estar integral. Esta modalidade de massagem trabalha sobre todo o corpo, este “templo sagrado“, em todas as suas camadas energéticas, iniciando pelas espirituais, psicoemocionais e físico-energéticas, pois a maioria das dores levam à baixa imunidade, a falta de vigor físico, tendo sua origem e vibrações mais profundas situadas nas zonas emocionais e mentais.

Sendo assim, desde o momento em que se toca com as mãos na pessoa em uma cabine de terapia, se começa a trabalhar todo seu corpo ativando-o em todas as suas funções; nesse momento os rios de energia fluem através dos meridianos e chakras, iluminando-se e desbloqueando-se, muito além do corpo físico, transportando a pessoa a um estado de relaxamento silencio­so, meditativo, transcendental e curativo.

O holismo, além de ser uma nova proposta de postura de vida, vem também influenciando a tendência de volta à natureza às chamadas ­terapias alternativas. Consolidando-se cada vez mais como proposta para todos aqueles que estão em busca de cuidados mais naturais, neste momento histórico em que é muito bem-vinda a volta das medicinas tradicionais, que o médico Márcio Bontempo, com muita sabedoria, denominou de “Medicina Natural Integral”. Uma nova ciência que sintetiza e harmoniza as várias escolas e tendências, reunindo vários tipos de recursos terapêuticos simultaneamente num só tratamento, visando a recuperação mais ampla possível da saúde de forma integral: mente, corpo e espírito.

Bontempo, em seus livros, afirma que “a Medicina Natural Integral, antes de ser um sistema naturista para eliminar ou prevenir doenças, impõe-se como uma ciência que ensina a viver. O homem moderno vive distante e em desarmonia com a natureza, resultado disso: ele está doente, tornou a sua vida complexa, competitiva e cansativa, não sabe mais se alimentar, não sabe respirar, não conhece a linguagem da natureza, não sabe ser feliz. A lição mais importante da Nova Medicina é que o modo mais acertado e eficaz de curar ou evitar as doenças, não é só por meio de ervas ou terapias naturais holísticas, mas pela correção de hábitos errados ou pelo entendimento das leis intrínsecas que mantêm a vida”.

Realmente, Dr. Bontempo tem razão em afirmar que: “Vive-se um momento de valorização da medicina natural e alternativa com o renasci­mento da medicina ayurvédica na Índia, a difusão em larga escala da homeo­patia em diversos países, da acupuntura, medicina indígena, aborígene, além de difusão das terapias alternativas pelo mundo como florais de Bach, aromoterapia, terapia pelos cristais, geoterapia (com argila), talassoterapia (recursos do mar), musicoterapia, dietas naturistas, macrobiótica, shiatsu, hidroterapia, Reiki, entre outras”.

Na área de argilaterapia, os livros de Dr. Márcio Bontempo, são completos e focalizam um arsenal de técnicas e indicações terapêuticas deste elemento terra, sempre presente na maioria das terapias em SPAs.

O conceito de holismo tem sido aplicado pelos SPAs que aliam infraes­trutura de turismo, hotéis tipo resort, combinando com um conjunto de instalações para prática de atividades de relaxamento, massagem, alimentação balanceada, meditação entre outras. São geralmente localizados em regiões montanhosas, ou junto ao mar, ou em campos e vales, tendo em comum a beleza paisagística, o que já se impõe como uma alternativa para atender à crescente demanda de pessoas que buscam relaxar e cuidar do corpo, da mente e do espírito em lugares que valorizem o contato com a natureza.

O SPA holístico torna-se, então, um local onde as pessoas sentem-se mobilizadas e motivadas a restaurar suas energias através das atividades de relaxamento, massagens, terapias e uso da medicina integral, da meditação, a essência unida ao todo, sempre em contato com a natureza.


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square