Elixir de cristais


Este tema segue com as influências de Masaru Emoto, pois, como ele bem demonstrou, as moléculas de água são neutras e serão imantadas, mudando sua frequência vibracional, conforme o tipo de emissões a que vamos submetê-las.

A arte de preparar elixir ou água cristalizada tem relatos desde antes de Cristo, quando já se utilizava o pó de algumas rochas para terapias, para baixar a febre, para dores no ventre e para curar feridas, dentre outras aplicações.

O questionamento quanto ao elixir dos cristais é: Se colocarmos um cristal com uma determinada cor e frequência, conforme sua indicação terapêutica, em contato com a água, este elixir funcionará se ingerirmos a água?

A resposta é: Sim e não, pois vai depender de onde e quais as outras vibrações energéticas a que esse recipiente de água foi ­submetido. Por exemplo: as espirais moleculares que existem em um cristal de Quartzo criam uma estrutura capaz de captar e gerar a luz ou Energia Vital. Essas duas frequências vibracionais, se passarem para a água, já seriam benéficas. Contudo, se o copo ficar perto ou junto a um celular ou computador, com muitas radiofrequências influenciando, a água também será negativamente imantada e as vibrações de luz e Energia Vital ficarão comprometidas.

Antes que o desespero e o desânimo imperem, com afirmações de que então de nada adianta o elixir dos cristais, quero complementar que os cristais são altamente receptivos às vibrações mentais, emocionais, etéreas e físicas positivas, e que podem ser trabalhados com a finalidade de reverter as emanações perniciosas, voltando à sua ação terapêutica benéfica.

Os cristais e as águas, sob uma influência mental, têm vibracionalmente o poder de absorver, transformar e gerar energia positiva. Ambos podem ser utilizados para limpeza, energização pessoal e de ambientes, e massagens terapêuticas.


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square