Tabela das cores e sua aplicação terapêutica - AMARELO E LARANJA


As cores amarela e laranja, por sua frequência vibracional de alegria e ativação, são energizantes, auxiliam as pessoas reprimidas, tímidas, com autoestima baixa, e ainda estimulam a mente para a criatividade e novas ideias.

O laranja é indicado nos casos de enfermidade nos rins, no baço, em artrites, obesidade e problemas respiratórios. Estimula o sistema respiratório e a fixação de cálcio. É contraindicado para pessoas que sofrem de insônia, assim como o amarelo.

A cor amarela, por sua ação de reativar e purificar, atua no sistema nervoso, melhorando as neuroconexões, revitalizando e acelerando as sinapses, melhorando a memória e o raciocínio. Excelente para o coração e para os sistemas circulatório e imunológico. Indicada nos casos de indigestão, constipação intestinal, problemas no fígado, diabetes e também para depressão. A cor amarela é contraindicada para casos de excitação mental, nervosismo, diarreia, gastrite e alcoolismo.

Existem muitos tons de amarelo: amarelo-açafrão, amarelo-âmbar, amarelo-alerta, amarelo-areia, amarelo-bambu, amarelo-berrante, amarelo-canário, amarelo-champanhe, amarelo-cítrico, amarelo-gema, amarelo-indiano, amarelo-manteiga, amarelo-ocre, amarelo-palha, amarelo-ouro, e ainda outros tons que se referem ao amarelo, como loiro-palha, ocre, topázio, linho e hélio para o amarelo dos raios solares.

Quanto às preferências, o amarelo não é a escolha da maioria dos jovens. Já as pessoas mais idosas, com o avançar dos anos, vão dando preferência para as cores mais luminosas, e entre elas os tons de amarelo. Fico a me questionar, se o amarelo lembra o sol, a luz e o ouro, por que não é uma das cores mais apreciadas?

Junto com o vermelho e o azul, o amarelo é uma cor primária, e é considerado uma cor bem instável, pois basta uma pequena pitada de vermelho para tornar-se laranja, ou uma pequena quantidade de azul para transformar-se em verde.

Hastear uma bandeira amarela em um navio significa que há epidemia a bordo e ninguém pode deixar a embarcação ou ­subir nela. Na Idade Média, uma vila com bandeiras amarelas hasteadas nos portões avisava que ali havia eclodido uma peste, e que se devia manter distância. Quando um juiz, durante um jogo de futebol, apresenta um cartão amarelo, está dando uma advertência. Na Psicologia, é considerada a cor que simboliza o otimismo, a alegria. Na cultura popular, é usada em expressões do tipo ficar amarelo de irritação, ficar amarelo de inveja ou, ainda, dar um sorriso amarelo.

Uma tinta amarela famosa no mundo todo é o açafrão, cujo quilo pode tingir 10 quilos de lã. Para se obter um quilo desse corante, se faz necessário que sejam cultivados imensos campos de açafrão, com cerca de cem a duzentas mil flores, resultando em uma colheita difícil e cansativa, pois só os estames é que serão utilizados na confecção da tinta.

Os tons de laranja se manifestam quando o amarelo se torna açafrão, amarelo-cenoura, cor de telha, cor de tangerina, cor de damasco, laranja-pastel, laranja-persa e ocre-dourado, que se refere ao laranja-vibrante.

Van Gogh, que foi eternizado por seus girassóis amarelos, afirmou não existir a cor laranja sem o azul. Na verdade, o laranja é uma cor complementar do azul. O azul é uma cor com frequências voltadas para o espiritual, a reflexão e o silêncio, e seu polo oposto é a cor laranja, a cor do lúdico, da alegria de viver, do entusiasmo, uma cor ruidosa e alegre.

Na China, a cor amarela é símbolo da perfeição e da nobreza; o vermelho é a cor do poder e da felicidade, e o laranja, que é a absorção dessas duas cores – vermelho e amarelo, perfeição e felicidade –, é considerado a cor da transformação, que abre para uma nova filosofia de vida, ligada também ao entusiasmo e representada pelo fogo do vermelho e pela luz do amarelo. No budismo, o laranja, cor do açafrão, é a cor da iluminação, do mais alto grau de perfeição e entrega devocional. A bandeira da Índia é laranja ou açafrão, branco e verde, e no Tibete o Dalai Lama está sempre vestido com tons derivados do laranja.


TRECHO RETIRADO DO LIVRO DE LÍGIA POSSER: CROMOFLUIDOTERAPIA - TOQUES QUÂNTICOS ATRAVÉS DAS LUZES E CORES


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square