Cristalterapia em SPA's - Parte III

Os cristais nos ajudam a olhar-nos por dentro. Eles nos acompanham nesse trabalho de caminhada interna, e essa interação vai crescendo e nos permitindo crescer com eles. Cremos, então, que está na hora de iniciarmos nosso diálogo com nosso cristal. Quem confirma esta possibilidade é Judy Hall, quando diz que existem “Seres encapsulados nos cristais”, em sua obra A Bíblia dos Cristais. Ela diz que “Muitos cristais contêm seres ou espíritos guardiões, dispostos a ajudá-lo a aproveitar todo o potencial de sua pedra. Medite com seu cristal, para entrar em contato com estes seres. Alguns cristais têm seu próprio anjo, ou uma conexão com seres iluminados”. E, neste diálogo interno, junto e com auxílio de um cristal, podemos melhorar a qualidade de vida, compreender alguns padrões de pensamentos “cristalizados pelo cotidiano”, podemos despertar e desenvolver a intuição, trabalhar emoções como as de medos, culpas. raivas recorrentes. Enfim, em uma autoterapia com cristais, eles podem nos conectar com as energias mais profundas de nosso ser, levando a meditar e reavaliar todos nossos processos de autoconhecimento. Muitas pessoas chegam aos SPAs e, seja por curiosidade ou busca de uma técnica mais sofisticada, imaginam uma massagem com pedras semipreciosas. Mas logo vem a pergunta: Para que serve? Poderíamos nos alongar e dar lindas explicações sobre a “sabedoria sagrada”, em que o poder dos cristais é conhecido e adotado desde a misteriosa “Atlântida”, com suas qualidades curativas e energéticas. Mas temos que nos ater a uma ­linguagem mais simples e quiçá compreensível, dizendo que os cristais possuem ­energias positivas e atuam, quando utilizados aplicados sobre os chakras, abrindo, liberando, desbloqueando, harmonizando todo o corpo físico, e por ressonân­cia equilibrando a pessoa de forma integral.



Um terapeuta holístico que trabalha com cristais poderá, a partir de uma avaliação anterior (entrevista com a pessoa), aplicar, utilizando vários tipos de cristais nas zonas bloqueadas por dores ou contraturas, ­liberando padrões mentais rígidos e superados, emoções estancadas, trancadas, levando a um expansão da consciência sem autojulgamentos ou críticas. Enfim, através de uma terapia adequada com cristais pode-se voltar a um estado de saúde física, mental e espiritual, mais harmônico e equilibrado. A limpeza energética dos cristais tem um duplo objetivo: primeiro eliminar as energias negativas que o tenham imantado, e, por outro lado, dar-lhe energia para que recupere o mais possível a sua pureza com todas as suas propriedades bioenergéticas originais. Muitas vezes, somos orientados a usar energias térmicas ou luz, inseridas sobre o cristal, mas nem sempre luz e calor são bons agentes para trabalhar terapias e sua limpeza. Podem descolorar ou modificar a cor dos cristais. Um dos métodos mais eficazes é o uso da água, salvo se for algum cristal que modifique sua textura com esse contato. O ideal é colocar os cristais em água corrente de uma bica ou torneira, para que a água vá ­sendo renovada (quando as pedras forem utilizadas em terapias de massagens com óleos, orienta-se que sejam lavados com sabão neutro, de coco ou glicerina), e depois os enxágue muito bem em água corrente. Para potencializar a reposição energética, pode-se deixar de molho por 5 a 10 minutos em água com sal marinho, ou colocá-los ao sol para secar (cuidados com a descoloração, ou situações em que podem ser inflamáveis (sol + cristal = luz x calor = fogo). Também podemos limpar com água e recarregar de energia um cristal, colocando-o sob a luz da Lua, cuja luz é mais delicada, sutil e etérea que a força radiante dos raios solares. Recarregar na luz da Lua é indicado e utilizado para cristais que vão ser usados para massagens de relaxamento, antiestresse e calmantes. Existem outras formas como utilizar a energia de Gaia, a Mãe Terra. É a de enterrar os cristais na terra, para que receba e recarregue-se com as forças magnéticas que dela emanam. Podem ser enterrados junto ao mar, onde a maré não alcance, deixar por uma hora, e retirá-los, limpando com água do mar. Dessa forma, além de liberar todas as energias negativas, eles ficam plenos de força positiva. Ou, ainda, colocar o cristal sob o som vibracional de um sino, descontaminando seu campo de energia negativa, e recarregando-o positivamente; o mesmo vale para o som de um diapasão, um gongo ou sinos tibetanos. Também é interessante o uso de florais. Algumas gotas em um recipiente com água, auxiliam na limpeza e purificação dos cristais. Muitos SPAs, possuem os geodos (grutinhas de cristais) como decoração e limpado­res de energias do ambiente, mas podem servir também para limpeza e purificação dos cristais, bastando colocá-los dentro dos geodes, após sua limpeza física, com água para retirar os resíduos de óleo de uma massagem. Pode-se limpar e energizar os cristais com imposição de mãos, Reiki, Johrei, entre outras terapias. Acredito serem a vontade e a intenção de pensamento sufi­cientes, e, para encerrar este tema sobre limpeza dos cristais, existem os que possuem uma energia autolimpante.

#spas #batepapo #cristalfluido #pendulo #lançamento #cristal #ligiaposser #jornada #cristais #reiki #corpo #saudavel #coquetel #alquimia #medicina #espirito #terapia

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square