Cristais Swarovski




Os cristais Swarovski foram criados no final do ano de 1892, quando Daniel Swarovski inventou uma máquina de corte automática com lapidação diferenciada de pedras e cristais. Essa lapidação, fruto de muita pesquisa somada à criatividade de seu autor, tem uma forma de corte na pedra de modo que um reflexo vai iluminando o seguinte e, como numa constante, vão por refração luminosa em refração, refletindo luz e cor em cada face lapidada na pedra, de forma única, quase mágica.

Três anos depois, em 1895, o sucesso e as buscas por essas pedras aumentaram muito. Foi então que Daniel, ampliando seus investimentos, desenvolveu uma fábrica de cortes em Wattens, onde hoje existe um museu e a fábrica de cristais, no caminho entre Insbruck e Salzburg. Cem anos depois, em 1995, na região do Tirol, o Mundo dos Cristais foi inaugurado para comemorar o aniversário da empresa, e hoje atrai milhões de visitantes de todo o mundo, que vêm para conhecer e comprar cristais.

E foi desse brilho e luz que ficou famoso o Swarovski Crystal World, tornando-se uma das atrações turísticas mais visitadas na Áustria. Lá, as pessoas podem encontrar imensos baús contendo as joias mais lindas e com brilho único no mundo.

Um verdadeiro Swarovski pode ser identificado por não possuir brilho de refração tipo metálica, seu brilho vem da forma de lapidação, sua cor não altera com a luz do Sol ou outras exposições. As cores desses cristais encantam por sua fluidez, pois são translúcidos e podem ter todas as cores do espectro.


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square